Metrô de SP terá 5 novos terminais de ônibus até 2010

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

São Paulo ganhará mais cinco terminais de ônibus urbanos - dois serão inaugurados em até seis meses. Quatro deles estarão ligados a estações da Linha 4-Amarela do Metrô: Butantã, Pinheiros, Vila Sônia e Morumbi, na zona oeste. O quinto da lista e primeiro a entrar em operação, já em setembro, será no Campo Limpo, zona sul, e será integrado à Linha 5-Lilás. Butantã e Pinheiros abrirão em 2010. Todos abrigarão linhas municipais da capital e intermunicipais da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) e farão integração com o metrô ou com trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).
Os novos terminais vão dobrar o número desses ramais existentes atualmente. A cidade tem quatro terminais intermunicipais: Jabaquara, Armênia, Capão Redondo e Barra Funda. Campo Limpo deveria ter entrado em funcionamento em junho, mas a São Paulo Transporte (SPTrans), responsável pelo terminal, informou que as chuvas dos últimos meses retardaram a conclusão das obras. Esse ponto vai receber 29 linhas de ônibus, sendo 20 interligando os bairros da redondeza e as outras nove para outros pontos de referência, como o centro da capital ou estações de metrô.
Em janeiro de 2010, será a vez de o terminal ao lado da futura Estação Butantã no Metrô entrar em operação. A inauguração está prevista com a abertura da estação da Linha 4-Amarela. No governo estadual fala-se que a possível data seja 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, embora pelo cronograma das obras, em estágio adiantado, a data seja março.
O Terminal Butantã receberá cerca de 20 linhas de ônibus, segundo a Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos. Serão coletivos urbanos da região sudoeste e oeste e intermunicipais da EMTU, além de linhas da Cidade Universitária. Parte dessas linhas será realocada do atual Terminal do Largo da Batata, em Pinheiros, que será desativado para a revitalização do local.
READ MORE - Metrô de SP terá 5 novos terminais de ônibus até 2010

Curitiba: credenciamento dos idosos e portadores de deficiência no Transporte Público

A Urbs, Urbanização de Curitiba S/A iniciou nesta quarta-feira (26) o cadastramento de idosos, portadores de deficiência e pessoas com dificuldade de locomoção, residentes em Curitiba, que têm direito as vagas especiais do Estacionamento Regulamentado (EstaR) implantadas pela Diretoria de Trânsito (Diretran) em vários pontos da cidade. Ao todo, até o final do ano, estarão delimitadas 409 vagas para idosos e 164 vagas para portadores de deficiência.A vaga especial é um direito assegurado por lei federal com uso regulamentado por Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) que determina que 5% do total de vagas do estacionamento regulamentado sejam destinadas a idosos e 2% a portadores de deficiência. Curitiba tem, atualmente, 8.148 vagas de EstaR.O uso das vagas só poderá ser feito mediante credencial que será fornecida pela Urbs, com validade em todo o território nacional. De acordo com a Resolução do CONTRAN, a credencial deverá ser deixada no painel do carro, com frente voltada para cima e ser apresentada sempre que solicitado pela fiscalização. A credencial garante a vaga mas não exime o usuário do pagamento normal do EstaR. Assim será necessário deixar no painel além da credencial, o cartão do EstaR que custa atualmente R$ 1,00 a hora.
O cadastro para credenciamento poderá ser feito pela internet, no site da Urbs.

O uso de vaga especial sem credencial ou por pessoas não autorizadas é uma infração prevista no Código de Trânsito Brasileiro, que além da autuação prevê a remoção do veículo. A utilização indevida do cartão, como empréstimo a terceiros, cópia, rasuras ou falsificação implicará no cancelamento do cartão e penalidades previstas em lei.

READ MORE - Curitiba: credenciamento dos idosos e portadores de deficiência no Transporte Público

Ribeirão Preto: Transerp amplia áreas de integração em ônibus a partir de domingo

O sistema de integração de passagens nos ônibus de Ribeirão será ampliado a partir deste domingo. A Transerp aumentou de dez para 13 as áreas que permitem a integração de linhas na cidade.
Usuários das linhas do Ribeirão Verde para o Quintino Facci 2, do João Rossi para Bonfim Paulista e da Vila Abranches para o bairro São José serão os principais beneficiados, segundo o gerente de transportes da Transerp, José Mauro de Araújo.
"A cidade cresceu e estudos demonstraram que era necessário aumentar os grupos de integração", disse Araújo.
Segundo ele, será possível viajar do Ribeirão Verde ao Quintino 2 e pagar a passagem integrada que custa R$ 2,50. Como a passagem comum custa R$ 2,30, até sábado, o usuário pagaráR$ 4,60 pela mesma viagem.
O limite para integrar os bilhetes é de até duas horas. Após esse período, o cartão não reconhecerá mais a integração.
"Se não houver esse prazo, pode caracterizar ida e volta, o que não é objetivo da integração", disse Araújo.
A Transerp estima que o novo sistema de integração aumente em 160 mil o número de pessoas que usam ônibus por mês em Ribeirão.
Segundo dados da empresa, pelo menos 640 mil pessoas fazem uso da integração na cidade, o que representa 16% dos 4 milhões de usuários por mês.
"Nossa estimativa é que esse percentual suba para 20%", afirmou Araújo.
READ MORE - Ribeirão Preto: Transerp amplia áreas de integração em ônibus a partir de domingo

Porto Alegre: Prazo para trocar fichas de ônibus termina nesta segunda-feira

Quem ainda tem fichas de vale-transporte e de passe antecipado de Porto Alegre deve ficar atento. Segunda-feira é o último dia para trocá-las por créditos no cartão TRI, sistema de bilhetagem eletrônica que começou a ser implantado em 2007. As fichas foram aceitas nos ônibus da Capital até 14 de junho. A troca começou a ser realizada pela Associação dos Transportadores de Passageiros de Porto Alegre (ATP) no dia primeiro de julho. Na segunda-feira, quem ainda quiser trocar suas fichas deve levá-las para a sede da ATP (Protásio Alves, 3885), entre as 8h30min e as 17h30min. A associação orienta que a pessoa traga consigo um cartão TRI, que pode ser o seu ou de outra pessoa. Não há atendimento aos sábados e domingos, por isso não é possível fazer a troca neste fim de semana. A ATP verifica a autenticidade das fichas na frente do usuário, que preenche um formulário e solicita a troca. Cada ficha será trocada pelo crédito de R$ 2,30 no cartão TRI. Se o usuário tiver mais de uma ficha para trocar, pode optar por colocar créditos em um ou mais cartões. Os créditos passam a valer no mesmo momento.
READ MORE - Porto Alegre: Prazo para trocar fichas de ônibus termina nesta segunda-feira

Vila Velha-ES estuda implantação de corredores exclusivos para ônibus


Vila Velha está cada vez mais perto da implantação do modelo de transporte BRT - 'Bus Rapid Transit', em inglês -, com corredores exclusivos para o transporte coletivo nas principais vias da cidade. As prefeituras de Vila Velha e de outros municípios que fazem parte da Região Metropolitana da Grande Vitória deverão indicar, na próxima semana, equipes técnicas para discutir detalhes sobre o projeto com o Governo do Estado.

Na primeira fase dos estudos, são contemplados cerca de 40 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus, que vão do Canal Bigossi - na saída da Terceira Ponte, próximo ao Terminal Vila Velha - seguindo rumo aos terminais Itacibá e Campo Grande, em Cariacica. Os corredores passariam pela avenida Carlos Lindenberg.

O centro de Vitória também é prestigiado pela primeira fase do projeto, que prevê faixas destinadas somente a ônibus do centro da capital até a Avenida Civit, na Serra, passando pela Reta da Penha e pela BR 101 Norte.Com a execução do projeto, mudanças são previstas no transporte coletivo atual da Grande Vitória. O Sistema Transcol passará a ter pontos de ônibus em canteiros centrais, que poderão atender ao mesmo tempo em dois sentidos. Outras novidades também são estudadas no projeto, como um sistema de tecnologia da informação que tornará possível ao usuário do transporte coletivo saber se há atraso na circulação dos ônibus e até mesmo prever a chegada do ônibus aguardado.
READ MORE - Vila Velha-ES estuda implantação de corredores exclusivos para ônibus

João Pessoa: STTrans vai mudar tráfego de veículos e coletivos no domingo

A Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) vai montar um esquema especial de trânsito e transportes coletivos durante a realização, no domingo (30) da 8ª edição da Meia Maratona Cidade de João Pessoa, promovida pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP). A partir das 6 horas da manhã serão 45 intervenções feitas em pontos estratégicos das vias durante o tempo da corrida, que está prevista para durar três horas.
Os agentes da STTrans realizarão bloqueios parciais nas avenidas Rui Carneiro, Epitácio Pessoa e Monsenhor Odilon Coutinho, que terão a circulação de veículos fluindo apenas pela faixa da direita, formando uma fila indiana, o que deixará o trânsito lento. Também haverá mudanças no itinerário das linhas de ônibus que passam pelas vias onde ocorrerá a disputa. Os fiscais de transportes estarão nos pontos de desvios para orientar os operadores do transporte coletivo acerca das alterações nas rotas. Serão mobilizados 60 agentes de trânsito para monitorar o trajeto de 22 quilômetros. Foram disponibilizadas 21 viaturas, entre carros e motos, para apoiar o evento.
READ MORE - João Pessoa: STTrans vai mudar tráfego de veículos e coletivos no domingo

Cuiába: Ônibus coletivo poderá rodar sem ar-condicionado devido a nova gripe

Os ônibus e micro-ônibus de Cuiabá poderão trabalhar com os aparelhos de ar condicionado desligados para evitar a propagação do vírus da Gripe Suína. A decisão será tomada pelo Conselho Municipal de Transporte (CMT), após parecer técnico do Comitê Municipal de Vigilância da Influenza A H1N1, que deve sair na próxima terça-feira (1º de setembro).
O assunto tornou pauta do CMT após uma solicitação do representante do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo de Mato Grosso. Durante a reunião mensal do conselho, que aconteceu na manhã desta sexta-feira (28), os conselheiros acompanharam a explanação do diretor de Vigilância em Saúde, Wagner Simplício, sobre a doença.
Ele afirmou que o vírus H1N1 tem mais facilidade de sobreviver em temperaturas baixas, como a de 22°C predominante nos veículos com ar condicionado, em até quatro dias. Wagner também colocou a Vigilância à disposição das empresas de ônibus para fazer esclarecimentos sobre a gripe aos trabalhadores.
"Vamos esperar o parecer técnico do comitê para tomar a decisão correta", observou o secretário Edivá Alves, que também é presidente do CMT. Ele explicou que se a decisão for dos veículos trabalharem sem ar condicionado, o comitê deve estabelecer um período em que a medida será necessária.
READ MORE - Cuiába: Ônibus coletivo poderá rodar sem ar-condicionado devido a nova gripe

Campinas: Terminal Metropolitano fica pronto nos próximos dias

O Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira — que vai abrigar os ônibus intermunicipais do Corredor Noroeste e interligar os municípios de Campinas, Hortolândia, Sumaré e Monte Mor está para ser inaugurado no complexo do Terminal Multimodal Ramos de Azevedo, atrás da nova rodoviária.
As obras do terminal estão na fase final, porém dois acessos deverão estar prontos apenas em outubro. Um deles é o Túnel 2 do Complexo Joá Penteado, que está sendo construído com verbas da Prefeitura de Campinas e do governo federal. O segundo acesso a ser entregue em outubro é o túnel de entrada exclusiva dos ônibus que chegam da Avenida Lix da Cunha e deverão passar sob a Avenida General Euclides Figueiredo, uma obra de responsabilidade do governo de São Paulo.
Nos dois meses iniciais de funcionamento, os ônibus das linhas administradas pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) vão utilizar os acessos que são usados desde junho pelos ônibus intermunicipais e interestaduais na nova rodoviária. As linhas metropolitanas que deverão iniciar as operações estão sendo avaliadas pela EMTU e pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec). O objetivo é de iniciar as atividades com uma parte das linhas e, gradativamente, as demais serão incluídas no novo terminal. A previsão é de atender mensalmente 3,5 milhões de usuários de ônibus de Campinas, Hortolândia, Sumaré e Monte Mor.
O movimento diário calculado é de 116 mil passageiros. Somente na construção do terminal metropolitano, a EMTU vai totalizar um investimento de R$ 10 milhões em uma área de 12,5 mil metros quadrados. O terminal integra a primeira etapa de obras do Corredor Noroeste, que receberá investimentos de R$ 149,9 milhões do governo do Estado até o final deste ano.
READ MORE - Campinas: Terminal Metropolitano fica pronto nos próximos dias

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960