Goiânia: Nem com valor menor, citybus atrai usuários

sábado, 27 de junho de 2009

Mesmo com a oferta da passagem abaixo do valor real, o usuário do transporte coletivo de Goiânia não adere ao citybus. A viagem desse tipo de transporte custa R$ 4,50, mas pode ser encontrado até a R$ 1,50 nas mãos de vendedores ambulantes. Esses vendedores têm comprado o bilhete de pessoas que ganham a passagem em promoções realizadas pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia (Setransp) para atrair os passageiros. O vendedor de vale-transporte Pedro Janaílson Ferreira de Lima, 38, explica que compra a passagem do citybus por R$ 2 ou menos e, como o bilhete dado durante as promoções tem validade, ele chega a oferecer ao usuário até dois por R$ 1,5. “Já perdi bilhetes devido ao prazo de validade. Ofereço até duas viagens por R$ 3, mas os usuários preferem o ônibus convencional”, diz.Para Pedro, que vende vale-transporte na Rua 90, no Setor Sul, os citybus não atraem os usuários por falta de divulgação dos itinerários. Ontem, ele estava com 46 bilhetes com validade até o dia 10 do próximo mês e com seis viagens que expiram no próximo dia 30. Enquanto a reportagem conversava com o vendedor, que atua no ramo há quatro anos, ele tentou vender a passagem do citybus a pelo menos três pessoas, mas todos recusaram, mesmo com a oferta a R$ 1.Em outro ponto da cidade, nas proximidades do Shopping Flamboyant, a opinião dos vendedores de vale-transporte é a mesma. Sebastião Silva, 51, que atua como vendedor há nove anos, diz que todos os dias aparecem, pelo menos, 20 pessoas tentando vender passagens do citybus que conseguiram em promoções. Apesar de estar com mais de 20 bilhetes no colete, ele observa que raramente compra as passagens, pois “é muito difícil vender”.
READ MORE - Goiânia: Nem com valor menor, citybus atrai usuários

São Paulo: EMTU aprova 80% dos ônibus de SP


Dos 1 900 veículos inspecionados pelo Programa Conscientizar, 1 050 passaram nos testes de redução da emissão de poluentes

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP) aprovou 80% dos 1 900 veículos inspecionados pelo Programa Conscientizar desde sua criação, em agosto de 2008.
O programa tem como finalidade informar as operadoras sobre a necessidade de manter os motores dos ônibus regulados e, consequentemente, reduzir a emissão de poluentes dos veículos do sistema intermunicipal metropolitano (comum, especial fretamento e fretamento escolar). Nos seis primeiros meses de 2009 foram inspecionados 708 veículos na região metropolitana de São Paulo. Destes, 75% foram aprovados. Em caso de constatação de irregularidade, a empresa tem o prazo de sete dias a partir da data de inspeção para se adequar ao nível de emissão permitido e passar por nova vistoria. Se o problema persistir, a empresa é multada e os veículos são impedidos de circular até a regularização. Até maio de 2009 todos os ônibus e micro-ônibus reprovados foram regularizados.
READ MORE - São Paulo: EMTU aprova 80% dos ônibus de SP

Palmas: Tarifa de R$ 2,00 já está em vigor; redução foi de 5%


Depois de muita crítica por parte dos usuários de ônibus, manifestações pacíficas e tumultuadas por parte de alunos, que incluíram até acampamento diante do Paço Municipal, e muita especulação, a prefeitura de Palmas anunciou na última semana, uma redução de cerca de 5% no preço da tarifa do transporte coletivo urbano. Segundo a ATTM – Agência de Trânsito, Transporte e Mobilidade, a redução é resultado de uma revisão dos preços dos insumos praticados para o cálculo da tarifa, que foi elaborado pela Seturb.A nova tarifa entrou em vigor nesta quinta-feira, 25. Os ônibus já estão circulando com o anúncio do novo preço da passagem.

MPE

A intensa pressão exercida pela sociedade teve apoio do Ministério Público Estadual, que chegou a realizar uma audiência para ouvir explicações sobre as planilhas que definiram os novos valores. Mas, segundo a prefeitura, a redução ocorreu também por motivo técnicos. “A partir da redução no preço do combustível dos ônibus, e atendendo a solicitação em comum acordo entre Ministério Público Estadual (MPE) e Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Palmas (Seturb), o prefeito Raul Filho autorizou a redução”, afirmou a ATTM no anúncio da redução de preço.
READ MORE - Palmas: Tarifa de R$ 2,00 já está em vigor; redução foi de 5%

Coletivos devem ter vagas especiais


Até 2013, todos os veículos de transporte brasileiros, novos ou usados, deverão ter assentos preferenciais para portadores de deficiência física, idosos, obesos e pessoas de baixa estatura. Além disso, deve haver rampas e elevadores para cadeirantes. Para os portadores de deficiência visual, os veículos precisarão ter espaços liberados ao lado dos assentos para os cães-guia. Os ônibus urbanos fabricados a partir de 1996 devem estar adaptados até julho. Para os ônibus interestaduais. O prazo vai até junho do próximo ano. As embarcações podem ser adaptadas até janeiro de 2013. Para os meios de transportes novos, o tempo limite de adaptação é até 2011.

A nova regulamentação atende às medidas propostas no decreto de 2004 que estabeleceu normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida – 24,5 milhões, segundo o Censo 2000 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).As regras foram propostas após quatro anos de estudo, por um grupo especial que reuniiu especialistas em transportes, além de integrantes da Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência (CORDE), dos Ministérios das Cidades e dos Transportes, da ABNT, do Inmetro, da Marinha e das Agências Nacionais de Transportes Terrestres (ANTT) e de Transportes Aquaviários (Antaq).
READ MORE - Coletivos devem ter vagas especiais

Fortaleza: Linhas de ônibus alteram itinerário durante obras do Metrofor no Centro


De sábado (20 de junho) em diante, as linhas abaixo estarão com seus percursos temporariamente alterados em virtude de obras do Metrofor no Centro da cidade.No interior dos veículos, há material informativo sobre as mudanças. Além disso, durante os quatro primeiros dias da nova operação, equipes da Etufor estarão nos locais para orientar a população.
Linhas que serão desviadas durante obras do Metrofor no Centro
307 – Itaoca/Jardim América
314 – Henrique Jorge
316 – Genibaú/Centro
320 – João XIII/Centro
401 – Montese/Parangaba
403 – Itaoca/Expedicionários
405 – Parque dois Irmãos/Expedicionários
406 – Planalto Ayrton Senna/Expedicionários
407 – Cj. José Walter/Expedicionários
411 – Montese/Lagoa
603 – Castelão/Visconde do Rio Branco
816 – Edson Queiroz/Centro
READ MORE - Fortaleza: Linhas de ônibus alteram itinerário durante obras do Metrofor no Centro

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960