Guia de Transporte Público de Fortaleza é tema de Projeto de Lei

quarta-feira, 29 de abril de 2009


O Vereador Plácido Filho (PDT) propôs, através de Projeto de Lei, a criação do Guia do Usuário do Transporte Coletivo e Individual. a ser elaborado pelo gestor de transporte público de Fortaleza.
O guia deverá ser distribuído à população nos terminais, pontos de parada e locais de estacionamento de veículos do sistema de transporte público urbano.A publicação, que deve ser redigida em linguagem clara e concisa, de forma a ser acessível ao usuário dos serviços de transporte público coletivo e individual tem como objetivos principais divulgar os direitos dos usuários, facilitar o seu acesso aos dispositivos legais pertinentes aos mesmos,informá-los sobre os deveres dos motoristas, cobradores, fiscais, condutores de moto-táxi e permissionários ou concessionários dos serviços, entre outros.
Para Plácido Filho, através deste guia, cuja elaboração está sendo proposta, os usuários terão um meio para consultas, denúncias e reclamações: "É um documento que se refere a um conjunto de disposições legais que poderiam até originar uma pequena consolidação de leis afins. Mediante a sua consulta, os usuários poderão fundamentar as suas reclamações e denúncias nos órgãos competentes. As empresas permissionárias ou concessionárias, os empregados que trabalham nos veículos e os fiscais poderão utilizá-lo como fonte de consulta, para conhecer os seus respectivos deveres no tocante aos usuários”, concluiu Plácido Filho.
READ MORE - Guia de Transporte Público de Fortaleza é tema de Projeto de Lei

João Pessoa: Integração Metropolitana de transportes


Os usuários do transporte coletivo urbano de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Conde e Alhandra irão contar a partir do dia 1º de maio com a Integração Temporal Metropolitana. Na Capital, o lançamento do sistema será na próxima quinta-feira (30), a partir das 16h, durante evento realizado no Parque Sólon de Lucena. Na ocasião, também serão entregues 32 ônibus que garantirão maior acessibilidade e segurança aos usuários. Haverá ainda o lançamento do projeto de educação para o trânsito e transporte ‘Ônibus Legal’. No dia 1º de maio, todos os outros municípios beneficiados realizarão eventos sobre o lançamento do sistema.

A Integração Temporal Metropolitana deverá beneficiar 250 mil pessoas que usam o transporte coletivo nesses seis municípios. O projeto foi proposto pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). Através dele, o sistema de transporte urbano da Capital será aberto para os usuários de ônibus dos cinco municípios vizinhos. Com a Integração, o usuário pagará a metade do valor da passagem sempre na segunda viagem. O prefeito Ricardo Coutinho (PSB) apresentará dados sobre o novo sistema de integração durante o lançamento do novo sistema.

Uma pesquisa realizada pela Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) revelou que a maior parte dos usuários do transporte público que vem para João Pessoa (37%) tem como origem o município de Bayeux. Outro dado interessante revelado pela pesquisa é que 48% dos passageiros, vindos de um dos municípios que integram a região metropolitana, vêm para João Pessoa para trabalhar; 18% por lazer e 8% para estudar.

“Integra Bem” – Para participar da Integração Metropolitana o usuário tem que possuir o cartão “Integra Bem”, que pode ser adquirido gratuitamente no posto da Associação Metropolitana de Transportes Urbanos (AMTU), que fica localizado no Terminal Rodoviário. O cartão está disponível nas versões “Estudante”, “Vale Transporte” (aquele que é adquirido pela empresa para o deslocamento do trabalhador), além do “Cartão Cidadão” (que atende os demais usuários do sistema). Não há prazo para que os usuários façam a substituição dos seus cartões. As pessoas que se deslocam apenas em João Pessoa não precisam fazer a troca do cartão “Passe Legal”, que é válido na Capital.

O sistema de funcionamento da Integração Temporal Metropolitana será o mesmo que é adotado dentro de João Pessoa. O usuário de transporte coletivo tem o tempo normal da sua viagem, da cidade em que reside ou trabalha até o seu destino, mais 30 minutos. Ou seja, após desembarcar do ônibus, o passageiro terá, pelo menos, 30 minutos para trocar de linha sem pagar outra passagem.
A superintendente da STTrans, Laura Farias, destacou os benefícios que o sistema trará para a classe trabalhadora. “A Integração Temporal Metropolitana fará com que as pessoas tenham mais oportunidades de emprego, pois, muitas vezes, o empregador deixa de contratar pessoas que moram em municípios vizinhos pelo gasto que se tem com o deslocamento. Com o sistema teremos essa redução do custo da passagem gerando mais oportunidades de emprego”, comentou.

O diretor de Transportes da STTrans, Adalberto Araújo, acrescenta que o projeto também interfere diretamente na qualidade de vida da população. “Como a pesquisa que fizemos revelou que muitas pessoas vêm a João Pessoa por lazer e com a Integração se pagará menos por esse lazer. Isso é muito significativo para famílias que se mantêm com a renda de um salário mínimo mensal”, destacou.

Novos ônibus – Durante o evento de lançamento da integração serão entregues 32 novos ônibus todos adaptados para atender os portadores de necessidades especiais e garantir melhor acessibilidade para todas as pessoas. A entrega dos novos veículos faz parte do programa de melhoria contínua do sistema acordado entre as empresas responsáveis pelo transporte urbano e a Prefeitura. Está previsto até o final deste ano a incorporação à frota de 70 novos ônibus.
Os ônibus entregues são zero quilômetro, possuem novo design e motorização eletrônica que causa menos poluição ao meio ambiente. Todos os veículos possuem itens que melhoram a acessibilidade. A porta é mais larga, mede 1 metro e 10 centímetros, ao invés das dos ônibus convencionais, que têm diâmetro de 90 centímetros. Os ônibus ganharam ainda cadeiras especiais, mais largas, destinadas a gestantes e obesos.

Os veículos também possuem corrimões especiais para deficientes visuais e sinal de parada com escrita em Braile. Os ônibus já vêm equipados de fábrica com um dispositivo que só possibilita a partida após o completo fechamento das portas.
Ônibus Legal – O projeto de educação para o trânsito e transporte ‘Ônibus Legal’ também será lançado no dia 30 de abril, durante o evento. As pessoas que forem até o Parque Sólon de Lucena poderão conhecer o ônibus que servirá de base para a realização do projeto. O veículo é todo adesivado, colorido e traz imagens de crianças, jovens, adultos e idosos.

O ‘Ônibus Legal’ funcionará da seguinte forma: educadores da STTrans levarão estudantes da rede pública e privada, integrantes de associações, moradores de bairros, líderes comunitários, enfim, todas as pessoas que tiverem interesse por passeios pela cidade, para que elas conheçam de perto a dinâmica do trânsito e do transporte. Durante o passeio, as pessoas terão a oportunidade de visitar as garagens das empresas que fazem o transporte coletivo na cidade, para que se veja que muitos veículos são alvos de atos de vandalismo.

“A nossa ideia é que as pessoas vivenciem a dinâmica do trânsito de transporte de João Pessoa, saibam das dificuldades e dos problemas que temos nessas áreas. Vivenciando essa problemática eu tenho certeza que essas pessoas ficarão mais conscientes quanto aos seus direitos e deveres. Nosso objetivo com esse projeto é colaborar para a formação de cidadãos mais conscientes”, explicou a superintendente da STTrans.
READ MORE - João Pessoa: Integração Metropolitana de transportes

Vândalos depredam 51 ônibus após clássico no Mineirão


O classico de domingo entre Atlético e Cruzeiro, na primeira partida decisiva do Campeonato Mineiro, terminou com 51 ônibus depredados em Belo Horizonte. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH). A ação dos vândalos gera um prejuízo de R$ 700 por veículo, em média. Vidros, janelas, alçapões, para-brisas e portas foram os principais itens danificados.Os locais onde ocorreram o maior número de depredações foram as imediações do Mineirão, o Anel Rodoviário e as avenidas Antônio Carlos, Carlos Luz, José Cândido da Silveira, Portugal e Xangrilá. Segundo o Setra-BH, as linhas mais prejudicadas foram a 8350 (Estação Barreiro/Estação São Gabriel), que teve cinco veículos danificados, e a 8501 (Maria Goretti/Nova Granada), com três carros quebrados. Ainda de acordo com o levantamento, 18 ônibus depredados fazem parte dos 66 solicitados pela BHTrans para o serviço especial do torcedor em jogos no Mineirão.
READ MORE - Vândalos depredam 51 ônibus após clássico no Mineirão

Maceió: Ônibus voltam a circular no terminal do mercado


Depois de uma reunião realizada na manhã desta terça-feira (28), no quartel geral da Polícia Militar, entre o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Alagoas e o comandante do Comando de Policiamento da Capital (CPC), ficou decidido que os coletivos vão voltar a circular no terminal de ônibus do Mercado da Produção, bairro Levada. Há duas semanas, os rodoviários decidiram mudar a rota dos coletivos que faziam as linhas Ipioca, Saúde e Barra de Santa Antônio e que tinham parada obrigatória no terminal de ônibus do Mercado central, por causa dos constantes assaltos praticados contra os motoristas, cobradores e passageiros. “A categoria nos passou os principais problemas, como é a forma de atuação dos bandidos e quais são os horários que eles costumam agir. Fizemos um estudo sobre o assunto e já a partir desta quarta-feira (29), o policiamento ostensivo será reforçado na região”, explicou o comandante do CPC, coronel Luciano. Proposta foi aceita pelo Sindicato Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Alagoas, Edson Luís Marques, o plano de ação apresentado pela Polícia Militar convenceu à categoria e os coletivos voltarão a circular com o seu trajeto normal. “São 40 ônibus por dia que fazem essas linhas. Tanto os rodoviários, quanto os passageiros precisam se sentir tranqüilos e com essa proposta do CPC, nós acreditamos que a realidade será outra a partir de agora”, declarou ele.
READ MORE - Maceió: Ônibus voltam a circular no terminal do mercado

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960