Paraiba: Integração metropolitana de JP beneficiará 200 mil pessoas

quinta-feira, 26 de março de 2009


Cerca de 200 mil pessoas serão beneficiadas, apenas no primeiro mês de implantação do sistema integrado de transporte público das cidades de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Conde e Alhandra. Para tanto, foi assinado entre os seis municípios na tarde desta segunda-feira (23), o 'Termo de compromisso celebrado entre prefeitos e as empresas de transporte público de passageiros da região metropolitana de João Pessoa para a implantação de integração tarifária'. A solenidade aconteceu no auditório do Paço Municipal, no Centro da Capital paraibana.
O prefeito da Capital, Ricardo Coutinho (PSB), anunciou que o novo sistema vai começar a operar no dia 1º de maio, quando se comemora o 'Dia Internacional do Trabalhador'. Ele explicou que os usuários terão o desconto de 50 por cento no valor da segunda passagem. "A assinatura desse acordo tarifário representa um momento histórico para a Paraíba, pois caracteriza a democratização do acesso ao emprego. E não só os trabalhadores serão beneficiados, mas todas as pessoas que aderirem ao sistema", esclareceu o prefeito pessoense.
De acordo com ele, os municípios não podem atuar de forma isolada, mas através de parcerias para o beneficio de um todo. "Já temos a experiência exitosa da Integraç e agora vamos estender esse projeto aos demais municípios que formam a região metropolitana. O dia de hoje marca que o olhar dos governantes deve seguir o olhar do interesse da população, que é dar aos cidadãos o direito de ir e vir", enfatizou Ricardo.
READ MORE - Paraiba: Integração metropolitana de JP beneficiará 200 mil pessoas

Porto Alegre: Conselho de Transportes debate fim do passe-livre na Capital


O Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu) pretende discutir nesta gestão temas ligados ao cotidiano da população, como o passe-livre e o desenvolvimento de projetos ecologicamente corretos. O objetivo é reduzir a tarifa do transporte público.O fim do dia de passe-livre, tema polêmico, deve ser encaminhado ainda neste ano, de acordo com o presidente do Conselho, Jaires Maciel. Ele acredita que a medida vai ser aceita, tendo em vista que os problemas com depredação de veículos e assaltos são recorrentes nessas datas."A população beneficiada pela medida é mínima. A maioria dos trabalhadores se sente ameaçada pelos marginais, que aproveitem esse dia para promover arrastões", argumenta.Em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), o conselho planeja ainda investir em estudos para obtenção de créditos de carbono. A iniciativa reduziria a poluição e os custos com combustível, gerando abatimento no valor de manutenção dos veículos e, por consequência, na tarifa.
READ MORE - Porto Alegre: Conselho de Transportes debate fim do passe-livre na Capital

Fórum Nacional de Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito acontece dias 26 e 27 em Aracaju

Aracaju vai sediar a 68ª Reunião do Fórum Nacional de Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito, que acontecerá nos dias 26 e 27 de março, no Real Classic Hotel, na Orla de Atalaia. Estão convidados para a solenidade de abertura, que acontecerá às 9 horas, o governador de Sergipe, Marcelo Deda; o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira; o deputado federal e coordenador da Frente Parlamentar de Transporte Público Jackson Barreto; o Secretário de Estado dos Transportes, Bosco Mendonça e o presidente da SMTT, Antônio Samarone, entre outras autoridades do setor, de todo o Brasil.
Às 11 horas será iniciado a primeira rodada de debates, que terá como tema o ?PAC da Mobilidade?, que envolve as ações do governo federal para o setor. O secretário Bosco Mendonça vai coordenar os debates, que contarão com o Secretário substituto da Secretaria Nacional de Transportes e Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Fernando Antônio Barbosa e o superintendente da Associação nacional das Empresas de Transporte Urbano, Marcos Bicalho dos Santos.
No início da tarde, às 14 horas, o superintendente da SMTT, Antônio Samarone, irá apresentar o sistema de transporte da cidade de Aracaju, e logo após todos os secretários presentes debaterão o tema. À tarde os trabalhos serão coordenados pelo presidente da Grande Recife (um consórcio de transporte), e o tema central será a discussão de propostas e perspectivas para a mobilidade urbana. Estarão presentes Fernando Barbosa, da Secretaria Nacional de Transportes do Ministério das Cidades; o secretário executivo da Frente Parlamentar de Transporte Público, Ivo Palmeira; o coordenador do Movimento Nacional pelo Direito ao Transporte, Nazareno Affonso.
Serão discutidos ainda temas como o Projeto de Lei da mobilidade urbana, medidas para a desoneração e barateamento das tarifas do transporte público.
READ MORE - Fórum Nacional de Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito acontece dias 26 e 27 em Aracaju

Goiânia: Citybus sem data para começar a funcionar


TARIFA EXPERIMENTAL R$ 4,00


O início do Serviço Especial de Transporte, o Citybus, foi adiado depois do anúncio de que três linhas começariam a operar às 6 horas de hoje. A nova data para a circulação dos micro-ônibus ainda não foi definida e depende ainda de homologação e publicação de decisão tomada na manhã de ontem pela Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC). O presidente da câmara, Paulo Gonçalves de Castro, informa que o trâmite para publicação oficial da deliberação demora de três a oito dias. A informação do adiamento do serviço foi divulgada no final da tarde de ontem.
Antes da decisão de adiamento, os membros da CDTC definiram tarifa experimental de R$ 4 para aquele tipo de transporte. O valor vai vigorar durante seis meses. Após esse período, considerado como de análise, a CDTC volta a se reunir para estabelecer um valor definitivo, que pode ser mantido ou, até mesmo, reduzido. Amanhã, a Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC) define outras três linhas que começariam a circular no domingo.

Gonçalves explica que alguns fatores, como o valor do combustível, podem fazer com que o valor da tarifa seja modificado. Durante esses seis meses, conforme Gonçalves, o serviço passará por estudos, inclusive de demanda, até que se chegue ao valor real. Ele observa que não é possível realizar uma análise para subsidiar a tarifa porque não existe esse tipo de serviço em outro lugar do País. “Demos uma carta de crédito para a CMTC e definimos a tarifa inicial em cima dos estudos feitos por eles”, diz.

CONVENCIONAL

A tarifa do transporte coletivo da Região Metropolitana de Goiânia (RMG), que atualmente é de R$ 2, pode subir no próximo dia 19 de abril, um ano depois do último reajuste. O presidente da CDTC informa que na reunião de ontem os membros da câmara não entraram em acordo em relação ao valor. A reunião para definir a nova tarifa será no dia 14.
READ MORE - Goiânia: Citybus sem data para começar a funcionar

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960