Rio: Prefeitura estuda implantar telefones móveis públicos nos ônibus

domingo, 15 de fevereiro de 2009


Telefone vai funcionar com o mesmo cartão utilizado nos orelhões.Tarifas serão mais baratas que as de telefone celular pré-pago.


A Prefeitura estuda implantar telefones móveis públicos nos ônibus do Rio. O protótipo do equipamento foi produzido por uma empresa incubadora da Pontifícia Universidade Católica do Rio (PUC-Rio), a PV Inova. Segundo a incubadora, as tarifas serão mais baratas que as de telefone celular pré-pago.
Os cartões que dão acesso ao telefone serão os mesmos utilizados nos telefones públicos espalhados pela cidade. Segundo o secretário municipal especial de Ciência e Tecnologia, Rubens Andrade, o objetivo do telefone é possibilitar que os passageiros se comuniquem com seus parentes sobre um engarrafamento no trânsito ou outra necessidade.
“Os passageiros vão poder se comunicar por um custo menor e avisar por exemplo ao chefe que vai chegar atrasado no trabalho ou que o trânsito está ruim” explicou o secretário.

READ MORE - Rio: Prefeitura estuda implantar telefones móveis públicos nos ônibus

Brasília: Sistema público vai receber 400 ônibus novos


Até o fim desta semana, cerca de cem ônibus novos começarão a circular em todo a cidade dos 400 que estão previstos para a renovação da forta,segundo afimrou, hoje, o secretário de Transportes, Alberto Fraga, acrescentando que os veículos já estão no pátio das empresas Viplan e Planeta e substituirão outros ônibus que possuem idade maior da permitida para circulação. Conforme informações do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros e das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros, a Viplan comprou 40 veículos e a Planeta 56. Segundo o sindicato, a inauguração só depende do aval da DFTrans. O secretário afirma que o evento oontará com a presença do governador José Roberto Arruda.Fraga antecipa, ainda, que se reunirá amanhã com os donos das empresas de ônibus para negociar a compra de mais 300 veículos, para a substituição de outros mais antigos. “Primeiro preciso saber se os empresários têm condições de comprar. Não posso impor nada”, afirma. Segundo o secretário, até o momento, os ônibus novos colocados em circulação desde o ano passado apenas somaram com os veículos existentes. “A partir de agora vamos substituir em vez de somar”, explica.De acordo com Fraga, 75% da frota da Viplan possui idade maior do que a permitida, de sete anos. “Não seria possível retirar todos os veículos mais velhos de uma vez, pois o problema se agravaria sem eles.” A respeito da frota mais antiga, o secretário de Transportes esclarece que a vistoria é realizada constantemente, para evitar o risco de acidentes e demais problemas. Segundo o DFTrans, a vistoria é feita a cada dois meses nos veículos mais velhos.

READ MORE - Brasília: Sistema público vai receber 400 ônibus novos

Cuiabá: Transporte coletivo ganha 19 novos ônibus

Foi entregue na manhã de ontem (13) pelo prefeito de Cuiabá, Wilson Santos, em solenidade no monumento "Ulisses Guimarães", 19 novos ônibus, que permitirá que haja mais carros atendendo às linhas que apresentam grande circulação de passageiros nos horários de pico, diminuindo o tempo de espera e as superlotações. Nos últimos anos, o transporte coletivo teve um avanço considerável em Cuiabá, a começar pela renovação da frota de ônibus, inclusive com ar condicionado, bancos ergométricos, assentos para portadores de deficiência, gestantes e idosos. Isso coloca Cuiabá entre as capitais como uma das mais novas frotas do Brasil, com idade média de 3,8 anos. Todos os 19 carros são adaptados com o sistema de elevador para portadores de necessidades especiais, com capacidade para 65 passageiros, sendo 34 sentados e 31 em pé.

READ MORE - Cuiabá: Transporte coletivo ganha 19 novos ônibus

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960