Destruição dos ônibus em dias de jogo é motivo de campanha no Paraná

segunda-feira, 29 de setembro de 2008


Vítimas preferidas dos vândalos nos últimos clássicos, as empresas de transporte coletivo de Curitiba lançam uma campanha para reduzir o prejuízo a partir do Atletiba deste final de semana. Os empresários pedem à população que denuncie atos de vandalismo que ocorram antes ou depois da partida. Para ilustrar a campanha, foi criada uma peça publicitária em que um ônibus humanizado implora: “Por favor, peça para que não me estraguem”. As empresas informam que, desde o início do ano, 61 veículos tiveram vidros laterais, pára-brisas, janelas ou lataria destruídas nas proximidades dos estádios e terminais em dias de jogos.
Embora as companhias sejam privadas, a conta é paga por toda a sociedade, uma vez que os gastos com vandalismo são incluídos na planilha de custos para cálculo da tarifa de ônibus. As denúncias devem ser feitas à Polícia Militar (190) ou Guarda Municipal (156).
READ MORE - Destruição dos ônibus em dias de jogo é motivo de campanha no Paraná

Transporte público tem prazo para se adaptar a deficientes

Um decreto publicado nesta quarta-feira, no Diário Oficial do Município, estabelece prazo até 2 de dezembro de 2014 para que toda a frota de veículos do serviço público de transporte coletivo de passageiros do Rio e sua infra-estrutura estejam totalmente adaptados para atender pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida. Os ônibus urbanos tipo I e II, assim como os micromasters e os microônibus que venham a ser incorporados a partir de 16 de novembro deste ano nas frotas das empresas deverão estar equipados com um ou mais dispositivos de acessibilidade, preferencialmente a plataforma elevatória.Entre os dispositivos para facilitar o acesso de pessoas com deficiência nos ônibus se incluem piso baixo e rampa móvel entre o veículo e a plataforma. No decreto, a Prefeitura também estabelece normas técnicas que servirão de parâmetro para os equipamentos e os procedimentos a serem adotados. A substituição da frota atual por veículos acessíveis se dará de forma gradativa, conforme a vida útil dos veículos.
READ MORE - Transporte público tem prazo para se adaptar a deficientes

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960