MPPE cobra da EMTU melhor acesso de crianças em ônibus do Recife

quinta-feira, 4 de setembro de 2008


O promotor Luiz Guilherme Lapenda, de São Lourenço da Mata, expediu uma recomendação para que a Empresa de Transportes Urbanos (EMTU), tome as medidas necessárias para garantir a entrada digna das crianças que possuem gratuidade nos transportes públicos.
A medida foi tomada após terem sido enviadas à Promotoria fotografias mostrando crianças sendo obrigadas a rastejar para passarem pela catraca. O promotor pediu que o presidente da EMTU, Dílson Peixoto, adote junto às empresas responsáveis pelos coletivos, em um prazo de 30 dias, as medidas de conscientização dos funcionários para evitarem tais condutas.
Segundo o art. 3 da Lei 8069/90 do Estatuto da Criança e do Adolescente, “é dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo a salvo de qualquer tratamento desumano”. A prova de desrespeito a lei foi relatada pela Comissão de Transporte da Comunidade do Parque Capibaribe. As fotos encaminhadas juntamente com a representação, davam conta que além de ferir os dispositivos legais, a situação ainda ocasiona o contato das crianças com toda sujeira existente no chão, colocando em risco a sua saúde.
Considerando que em relação à saúde indiscutivelmente se aplica na sua plenitude o princípio da precaução. O promotor Luiz Guilherme pediu que o presidente da EMTU, Dilson Peixoto, tome as providências para que, além das crianças, todas as outras pessoas que tenham gratuidade nos coletivos não precisem passar pela catraca.
O promotor alertou que as medidas devem ser tomadas não só nos transportes que circulam em São Lourenço da Mata mas também nos coletivos que circulam entre o município e a Região Metropolitana do Recife.
READ MORE - MPPE cobra da EMTU melhor acesso de crianças em ônibus do Recife

Cartões mais baratos e segunda via do Bilhete Eletrônico pelo site


EMTU RECIFE


Dando prosseguimento às ações de melhoria no Sistema de Bilhetagem Eletrônica, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) reiniciou, no mês de maio, a venda da segunda via dos cartões do Vale-Transporte Eletrônico através do site da empresa (http://www.emtu.pe.gov.br/).A comercialização da segunda via do Bilhete Eletrônico estava suspensa desde o final de março, em função da diminuição dos estoques provocada pelo atraso na entrega do material por parte da empresa fornecedora. A grande novidade foi a considerável redução no preço do cartão, que passou do valor unitário R$ 24,50 para R$ 10,50 (o equivalente a seis tarifas do anel A).
BILHETAGEM ELETRÔNICA
Atualmente, mais de 560 mil cartões eletrônicos estão em circulação na Região Metropolitana do Recife. Desse total, 358 mil são utilizados pelos trabalhadores (Vale-Tranporte Eletrônico). O restante - cerca de 200 mil - é usado pelos estudantes (Passe Fácil).
READ MORE - Cartões mais baratos e segunda via do Bilhete Eletrônico pelo site

Todos contra o vandalismo numa lição de cidadania



Não importa a cor da bandeira ou da camisa. A exigência é uma só: usar o transporte público de passageiros com responsabilidade e cuidado. Agindo assim, sinta-se à vontade para participar da mais nova torcida organizada de Pernambuco: a Torcida Organizada Pela Paz nos Ônibus (T.O.P.O.). A iniciativa faz parte de uma ampla campanha educativo-publicitária para combater o vandalismo praticado contra os coletivos e demais equipamentos públicos nos dias em que são realizados jogos de futebol. Lançada no dia 13 de julho, durante a partida entre Náutico e Sport, pelo Campeonato Brasileiro da Série A, no estádio dos Aflitos, a ação já ganhou a simpatia de milhares de torcedores alvirrubros, tricolores e rubro-negros. Durante o evento de lançamento, milhares de peças (como bandeiras e faixas de cabeça) foram distribuídas entre os torcedores. Do lado de fora dos estádios, cartazes, outbus, backbus (peças publicitárias instaladas na parte traseira dos ônibus) e outdoors completaram a divulgação da campanha, que foi alvo de várias matérias na mídia local. Os personagens que atuaram como modelo nas peças da campanha não cobraram cachê. Torcedores apaixonados pelo futebol pernambucano, eles fizeram questão de colaborar gratuitamente com a ação.
PARCERIA
A campanha é fruto de uma parceria entre a EMTU, Polícia Militar, Ministério Público Estadual, Setrans, Federação Pernambucana de Futebol e os clubes Náutico, Sport e Santa Cruz. Desde maio, o grupo vem realizando reuniões periódicas - para avaliação dos prejuízos causados pela depredação e montagem das estratégias de combate a este tipo de crime, que além de provocar prejuízos materiais, assusta e coloca em risco a integridade física de usuários, motoristas e cobradores. O interesse do público em participar da campanha animou as equipes técnicas que realizam as ações de prevenção e monitoramento, acionadas através das centrais de atendimento da EMTU e da Polícia Militar. “Tivemos um aumento considerável de pessoas ligando para repassar informações sobre a ação de grupos acostumados a praticar atos de vandalismo. Todos os dados são recolhidos e repassados para nosso serviço de inteligência”, destacou o comandante geral da PM, coronel José Lopes, que participou diretamente do planejamento da campanha, quando ainda ocupava o cargo de comandante geral de operações da PM. De acordo com o presidente da EMTU, Dilson Peixoto, o espírito da campanha está intimamente ligado à questão da cidadania. “Os coletivos são bens públicos. Quem depreda está causando prejuízos para todos”, destacou. Entre os clubes e a Federação Pernambucana de Futebol (FPF), a expectativa também é positiva. “Futebol é arte e para que todos saiam ganhando com o espetáculo tudo tem que acontecer direito, sem violência, sem confusão, dentro ou fora dos estádios”, avaliou o presidente da FPF, Carlos Alberto Oliveira. Até o momento , 1.076 veículos foram alvo de depredação (totalizando 2.259 itens danificados) durante 44 partidas de futebol envolvendo os três principais times de futebol do Estado. O prejuízo já ultrapassou os R$ 268.476,00.
REFORÇO POLICIAL
Além de todo o trabalho educativo, a repressão aos vândalos ganhou uma atenção especial graças ao reforço das equipes da Polícia Militar destacadas para trabalhar junto à EMTU nos dias de jogo de futebol. Com a utilização de um banco de dados - que vem sendo montado pela PM com imagens cedidas pela EMTU, das câmeras utilizadas nos coletivos – a identificação dos vândalos será mais fácil.
READ MORE - Todos contra o vandalismo numa lição de cidadania

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960